HOME

 


Retratos de uma Guerra
Histórias do Conflito entre Israelenses e Palestinos

 


Este livro-reportagem cobre quatro anos do mais recente conflito entre israelenses e palestinos - a Segunda Intifada, que explodiu em Setembro de 2000. Finguerman testemunhou alguns dos momentos mais dramáticos do conflito nas ruas de Ramallah, Tel Aviv, Gaza, Jerusalém, nas colônias judaicas da Cisjordânia e vários outros lugares de Israel e territórios palestinos.

No livro, as versões e autoridades oficiais foram deixadas de lado e o foco são os seres humanos que participam deste conflito em seu dia-a-dia: os paramédicos que arriscam suas vidas para salvar a de outros, os meninos palestinos que desafiam com pedras um dos mais poderosos exércitos do mundo, os soldados gays de Israel, as vítimas do terror, o jornalista israelense que arrisca a vida para reportar o sofrimento palestino, os voluntários ortodoxos que recolhem os mortos em atentados, o árabe que doou o coração de seu filho morto na Intifada a um judeu, entre outras histórias

O autor também entrevistou alguns dos principais personagens deste conflito, como o comandante da Intifada, Marwan Barghouti, o escritor Amos Oz, o soldado mais idoso do exército israelense, o deputado árabe mais votado do Knesset, umex-chefe do Mossad, o rabino ortodoxo que serve como ministro do governo palestino, o cineasta árabe Mohammad Bakri, diretor de "Jenin, Jenin", editores dos principais jornais israelenses e árabes, entre outros.

O livro também destaca a presença de brasileiros no conflito. Finguerman encontrou um paulista que se tornou colono na Cisjordânia, um carioca que fundou um partido extremista, uma garota santista católica que se voluntariou para servir o exército de Israel e um jogador de futebol que levou um time árabe a vencer o campeonato israelense.


 

Capa do livro "Retratos de uma Guerra"
(Editora Globo)

 

 

 

 

 

http://www.arielfinguerman.com -Todos os direitos reservados/All rights reserved - 2006

powered by